A dieta das proteína tem vindo a tornar-se cada vez mais conhecida por diversos factores. Esta dieta é boa para praticamente todos os objectivo que tenha com um regime alimentar, tanto perder peso como melhorar a sua forma física ou condição muscular. A proteína é fundamental no crescimento, manutenção dos músculos, pele, cabelos etc.

Uma dieta rica em proteínas é um excelente estilo alimentar para quem quer perder gordura, pois a proteína é optima na preservação da massa muscular magra, enquanto elimina a gordura. Além disso, a proteína é o nutriente que queima mais calorias enquanto é digerido. Outra vantagem é que praticamente todos os alimentos ricos em proteína são pobres em hidratos de carbono.

Nesta dieta são praticamente eliminados todos os hidratos de carbono. A dieta da proteína pode levar a uma perda de peso demasiado rápida, devido à grande quantidade de água perdida e que estava acumulada no corpo devido aos hidratos de carbono. Ou seja, reduzindo hidratos de carbono, retém menos água e tende a perder peso.

Na dieta da proteína, praticamente todos os alimentos são permitidos, pelo que, requer bastante disciplina para que não se caia no exagero e no consumo excessivo de gorduras e calorias.

Alguns alimentos ricos em proteína:

  • Peixe
  • Carne de porco
  • Carne de vaca
  • Frango
  • Ovos
  • Leite
  • Queijo
  • Feijão
  • Nozes

O sucesso desta dieta parece dever-se ao facto de que suprimindo os hidratos de carbono, as pessoas acabam por comer menos em questões de quantidade. Mas, é preciso ter em conta que o baixo consumo de hidratos de carbono pode levar a problemas renais e a sentir-se menos enérgico pois os hidratos de carbono são fonte de energia. Esta dieta, como aliás, todas as outras,  deve ser acompanhada de exercício físico e treino regular.