Hoje vou contar a minha história pessoal. A história que está um pouco por detrás da criação deste blog e como emagreci 10 Kg em apenas 3 meses.
Eu sou de estatura média, 1,63m e sempre pesei, até ao nascimento da minha filha (2º parto) cerca de 55Kg.
Apesar de fazer desporto com regularidade e de considerar que fazia uma alimentação saudável e equilibrada, fui aumentando de peso e em 2009 pesava 64 Kg.

E tive que deixar de me desculpar com o facto de que precisava de me alimentar bem porque fazia desporto, ou que podia comer umas guloseimas de vez em quando porque precisava de calorias para ter energia para o meu desporto que era bastante exigente. Apesar de muitas vezes me dizerem que eu estava bem fisicamente e que não precisava nada de emagrecer, etc etc, para mim, esta era a altura de fazer algo por mim, até porque na realidade eu sentia os quilos a mais e o facto de a minha roupa de sempre me ficar apertada já me começava a incomodar. Ir comprar roupa e pedir 2 números acima daquele que havia vestido durante tantos anos, começou a ser para mim um pesado.

Por esta altura, achei que realmente estava na altura de confirmar se aquilo que eu tinha para mim como correcto, o era realmente, ou não. E na realidade com muita facilidade percebi que eu criava para mim própria bastantes desculpas para poder ter um dos meus maiores prazeres, comer, e não sentir peso na consciência por isso.

Rapidamente percebi que, apesar de, para mim a minha dieta alimentar ser equilibrada, as quantidades que comida excediam em grande escala as quantidades que o meu organismo precisava. E as análises clínicas confirmaram valores de colesterol bastante exagerados, o que me comprovou que o equilíbrio da minha dieta era também algo em que só eu acreditava.

Passo-a-passo

 1º Pensei no meu corpo e em mim em questões de saúde;
2º Consciencializei-me que precisava fazer algo por mim;
3º Verifiquei cuidadosamente quais os erros alimentares que cometia;
4º Motivei-me para o meu objectivo;

Por esta altura a minha motivação estava no auge e estava certa que queria ser mais magra e principalmente mais saudável e pus mãos à obra. Pesquisei, li e informei-me sobre dietas e alimentação. Decidi não seguir nenhum plano de dieta específico, não porque tivesse algo contra, mas porque quase todos me obrigavam a passar fome, e isso era para mim o mais difícil, por isso criei o meu próprio plano alimentar.

Dieta:

Durante cerca de um mês, e com o objectivo de desintoxicar o organismo, passei a incluir chá verde na minha dieta, bebia 1 chávena de chá verde ao meio da manhã e outra a meio da tarde;
As minha principais refeições passaram a ser à base de sopa, ao almoço comia uma sopa e uma salada e ao jantar apenas sopa e fruta;
Tendo noção que ingeria pouca água e da sua importância, passei a beber 2 litros de água por dia;
Aos poucos fui incluindo outros alimentos à minha dieta e fui percebendo qual o regime alimentar que mais se adequava a mim e com o qual eu me sentia bem, facilmente me identifiquei com a conhecida da dieta mediterrânica, e foi esta que passei a seguir depois de 3 meses bastante controlados em que desintoxiquei o organismo, emagreci 10Kg e reduzi os níveis de colesterol para valores dentro da normalidade.
Aprendi a racionar as quantidades de comida, a escolher peixe e carnes brancas em detrimento de carnes vermelhas e a beber água em vez de refrigerantes e a comer fruta ao lanche em substituição das bolachinhas que eu teimava precisar para sentir energia para o desporto.
Sinto-me bastante mais leve e saudável. E devo dizer que não foi nada difícil, e neste momento já não preciso pensar em quantidades, pois sinto-me saciada com menos comida que anteriormente, sinto-me mais saudável e com mais energia para o desporto. A única coisa que ainda é para mim um pouco difícil é quantidade de água que devo beber por dia, mas sou insistente e quando não bebo tanta água, bebo bastantes chás.
A altura ideal para controlar o aumento de peso, é sempre numa fase precoce, pois, depois de o peso ser excessivo é bastante mais difícil emagrecer.